Esta prova é um erro crato

Esta prova é um erro crato

E também à mesma hora/dia, em Lisboa (assembleia da república) e em Braga (na avenida central). Todos juntos podemos começar a dar a volta a isto!

Advertisements

About zenuno

http://despauterio.net
Image | This entry was posted in 5dias and tagged . Bookmark the permalink.

4 Responses to Esta prova é um erro crato

  1. Nuno Cardoso da Silva says:

    Isto faz-me lembrar o Manifesto Anti-Dantas do Almada Negreiros… Só que o Almada Negreiros servia-se do absurdo para salientar os seus pontos de vista… Só espero que a indignação contra a avaliação de conhecimentos seja dirigida a “esta” avaliação, e não contra o princípio em si…É que eu conheço professores cuja ignorância só é ultrapassada, e pouco, pela dos seus infelizes alunos…

  2. Rocha says:

    É pena não haver no Porto. Não sou professor mas estou com a vossa luta. O Crato que faça exames para ministros a avaliar se ele é uma besta ou se é um paspalho!

    • m. says:

      Pois, o que eles gostam de discutir, Crato & Cias e alguns outros, são teses de doutoramento, PHD’s, Post-Doc’s que não valem um caracol … Eu já li algumas. Fiquei pela primeira página da bibliografia. Teses durkeimianas em que a classificação das coisas reflectem a classificação dos homens, não são comigo. Nada mesmo. Tive um excelente Professor de Metodologia das Ciências Sociais.

      Eu conheço Professores da Escola Pública, do Ensino Preparatório muitíssimo bons e fazem das tripas coração para ensinar os miúdos. Mas olhem para a matéria: é demais. Com é óbvio. E estão sempre a mudar. Se fossem os seus filhos, eu gostava de ver o que faziam, mandam-nos para o estrangeiro para dizerem que eles são mais espertos que os filhos do povo português.

      Estes governantes não têm respeito por nem mesmo crianças ….Não houve respeito durante décadas para manter um corpo estável no ensino porquê? Não se faz isto a gerações, milhões de crianças. Eu andei a ver a legislação durante 20 anos, a determinada altura. Fiquei chocada.

      E, assim vai rolando, a vida da Escola Pública. Se não tivermos atenção, o Estado Social vai de mãos dadas com a Democracia. É preciso ter muita atenção com isto.

      O relatório da J.P. Morgan é parecido com o do FMI. Dizem que já não sei em que página: «political reform – hardly even begun.» Depois entram numa linguagem se não fosse dramática para nós, seria de rir à gargalhada. Utilizam muito o termo «journey». Sempre, sempre, sempre, sempre a referir TC. Não gostam do regime democrático e do Estado Social.

      Esta gente tem que ser varrida daqui porque decidamente quer matar o povo português. Isso chama-se ….uma coisa que eu não quero dizer, mas que acho que percebem. Digo-lhes: «over my dead body».

      Nunca houve capacidade de entendimento sobre a vida do Povo Português? Porquê? Nós não somos bichos… Isto indigna-me.

      Assim como o Miguel Beleza dizer hoje no DN que não devia haver SMN
      e outras coisas: contra-capa. Ora, aqui temos o Tea Party. Agora, pelo menos, mostram-se. Não estou a gostar nada disto.

      Fechei os jornais, e vi-me embora.

  3. m. says:

    Se me permite:

    Peço imensa desculpa, mas já fui aos apontamentos

    (1) e rectifico:

    Teses durkeimianas em que a classificação das coisas REPRODUZ a classificação dos homens, não são comigo.

    (2) O meu curso foi tirado numa Universidade Pública Portuguesa.

    Com todo o respeito e muito obrigada.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s