Estes não serão os últimos 30 segundos da EPT (Televisão Pública Grega)

Depois do anúncio do governo do encerramento da TV pública, uma manifestação cercou as instalações até que os trabalhadores tomassem a gestão da estação. Conseguiram. Entretanto o governo conseguiu o corte do sinal mas o acto de cobardia vai continuar a ter a resposta que merece. Nada como uma decisão mal medida para que se avive a memória que há sempre alternativa. A coragem vai crescer na proporção do despotismo que não tendo dinheiro para manter a estação pública já encontra verbas para enviar a polícia para evacuar a estação.

Assista à emissão em directo, naturalmente a tratar em exclusivo os acontecimentos.

Advertisements

About zenuno

http://despauterio.net
This entry was posted in 5dias. Bookmark the permalink.

12 Responses to Estes não serão os últimos 30 segundos da EPT (Televisão Pública Grega)

  1. JgMenos says:

    Pela sua dimensão uma verdadeira CNN do Egeu, todos pagam por anos de relaxe e bandalheira no usufruto de um imaginário mundo de abundância em que ‘dever ser’ e ‘poder ser’ foram tomados por sinónimos!
    Conhecemos o filme e conhecemos o resultado.

    • huy says:

      Jgmenos com a cabeça e,muito mais com os pés:ruído branco,ou cor de rosa????Vai morrer longe-olha,com os ‘rebeldes’ da alqaeda/irmandade muçulmana.

    • De says:

      Curiosamente parece que só o Aurora Dourada,pró-nazi, apoiou esta medida.
      O poder ser e o dever ser juntos na mesma onda batendo palmas em uníssono. O poder ser pró-nazi do aurora dourada mais o dever der do Menos repenicando o filme já visto no século passado,
      Cabe-nos a todos nós a resposta adequada.

    • Carlos Carapeto says:

      Isso mesmo!

      A Grecia não precisa de uma telivisão publico porque só dá prejuizo.

      Precisa mais de aviões Rafalle Franceses, submarinos, fragatas, helicopteros e tanques leopard Alemães?

      Começo a ter duvidas se este JgMenos não terá os intestinos no lugar do cerebro?

      • JgMenos says:

        Experimente devolver esses artigos … Oh! inteligentíssima criatura!
        Além de que mais do que televisão pública, há televisão de jornalistas e demais pessoal de uma televisão paga pelo Estado – lá como cá!

      • Nada então como arrasar com o serviço público. É a lógica do jgmenos, sempre a somar passos atrás.

      • De says:

        Menois a ruminar como os nazis do aurora.E a tentar arranjar justificações para os negócios escabrosos dos seus colegas de ideologia:
        E a mentir, a aldrabar e a tentar procurar o que anda a tentar fazer.Eis o prototipo do tipo que arranja justificações para tudo…menos para o seu bolsar de provocador contra tudo o que é público.
        Factos:revelados em Outubro de 2012.A direita no poder,os neoliberais no poder,a mesma corja que temos por cá no poder com a bênção cúmplice,venerada,rasteira de Menos:
        “Salários e pensões reduzidos; empregos públicos cortados; impostos crescentes; desemprego em alta (já é o 2º da Europa) ; carestia e escassez de alimentos e demais produtos estão levando o povo ao desespero.
        Estranhamente, a redução nas despesas militares foi de apenas 400 milhões de euros. O país continua gastando 7 bilhões em armas, é ainda o 10º maior importador do mundo.
        A Alemanha, um dos principais credores da Grécia e líder na defesa de maior austeridade, é também um dos maiores fornecedores de armas para Atenas.

        A Grécia é mesmo o principal mercado europeu para armamentos alemães, representando 15% do total das exportações do governo de Berlin.”

      • De says:

        O ex deputado Papadimoulis informa que a Grécia comprou, por dois bilhões de euros, dois submarinos que, aliás, apresentaram defeitos.

        Os gregos devem ainda 1 bilhão de euros, nesse negócio. Cerca de três vezes a soma que o FMI exigiu de Atenas em cortes adicionais nas pensões para garantir o último pacote de ajuda.

        Alguns observadores criticam o que chamam de “hipocrisia da Alemanha“: de um lado, exige duras medidas de austeridade, de outro, vende caríssimos e desnecessários submarinos.

        Na semana passada, o antigo ministro da Defesa, Akis Tsochadzopoulos foi preso sob acusação de aceitar 8 milhões de euros de suborno da Ferrostaal, empresa alemã associada à venda escandalosa de quatro submarinos Classe 214 à Marinha grega, realizada há 12 anos.

        Até agora, apenas um deles foi entregue, depois de ter sido descoberto falhas técnicas graves nesses submarinos.

        Sobre esses fatos, declarou uma deputada do Partido Verde alemão, Franziska Brantner: “”Para Berlin, cortes nas despesas sociais é a primeira coisa que vem à mente. No entanto, para mim como Verde, a primeira prioridade seria cortar despesas militares”.

        De acordo com o “Instituto de Pesquisa da Paz Internacional”, de Estocolmo, a França também se beneficia da voracidade grega por armas.

        Cerca de 10% do total de suas exportações nesse setor vão para a Grécia.

        Afirma-se, em Atenas, que bem depois do início da crise grega, a Alemanha e a França tentaram fechar lucrativas vendas de armas enquanto exigiam profundos cortes em áreas essenciais, como saúde, por exemplo.

        Há também um insistente boato de que a prestação da ajuda econômica européia foi condicionada à compra de armas alemãs e francesas pela Grécia.

        Claro, não há comprovações de nada disso.

        Mas é indiscutível que a troika, FMI- Banco Central-Europa Unida, foi extremamente branda nas exigências de cortes no orçamento de Defesa.

        Ao contrário, da forma implacável como forçou cortes em despesas com Saúde, Educação, Assistência Social e outros itens muito mais necessários do que submarinos.”
        http://www.olharomundo.com.br/armas-contra-a-grecia/

      • De says:

        Em 2010, a Grécia adquiriu à França seis fragatas de guerra (2.500 milhões de euros) e dois helicópteros de combate (400 milhões de euros). Na Alemanha comprou seis submarinos por 5.000 milhões de euros
        Em que ano?

        O ódio de Menos à imprensa que não seja a privada voz do dono ou a estatal voz do mesmo dono virá da admiração que nutre pelo fascista salazar? Os mesmos apetites.os mesmos gostos ,os mesmos gestos, a mesma putrefacta ideologia?

        Entretanto o colega do Menos,aquele por quem Menos toma as dores, o primeiro ministro grego, o oficial de turno lá no sítio tenta compor o ramalhete:”Samaras propone reabrir parcialmente la televisión griega”

        Uma informação fora das garras dos interesses privados é para abater.São preferíveis os muito mais dispendiosos gastos em armas.

  2. Nuno Cardoso da Silva says:

    Para quem souber grego, a emissão em directo da televisão pública grega transmitida via EBU:

    http://www3.ebu.ch/cms/en/sites/ebu/contents/news/2013/06/monitor-ert-online.html

  3. Nuno Cardoso da Silva says:

    Nós, que nos consideramos internacionalistas, devíamos definir uma estratégia por etapas do seguinte tipo:

    1. Dar todo o auxílio necessário aos gregos para tomarem o poder de forma revolucionária, mesmo se o meio imediato fossem eleições antecipadas que conduzissem o Syriza ao poder.

    2. Uma vez tomado o poder considerar a Grécia como Território Europeu Livre, onde as forças revolucionárias e de mudança de todo o sul da Europa pudessem obter apoio logístico para preparar a conquista do poder nos vários países.

    3. Estabelecer na Grécia um Parlamento Europeu Livre, onde representantes dos vários países do sul discutam e preparem as acções a tomar para a libertação da orla mediterrânica da Europa.

    4. Criação na Grécia de uma Televisão Europeia Livre, a transmitir via internet ou satélite, para informação geral e apoio das forças de mudança no sul da Europa.

    Não basta fazer figas e ficarmos à espera de que a Providência resolva os nossos problemas.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s