5 Dias sempre foi um número mágico

Há cinco dias, Poiares Maduro, substituto de Miguel Relvas, defendeu no seu facebook que o Presidente da República deveria demitir o actual Executivo e liderar um governo de iniciativa presidencial. Só toma posse amanhã mas antes mesmo de entrar em funções já acumula a primeira gafe. O futuro só pode ser risonho.

Advertisements

About zenuno

http://despauterio.net
This entry was posted in 5dias. Bookmark the permalink.

11 Responses to 5 Dias sempre foi um número mágico

  1. Nobre Luso says:

    Claro que um primeiro-ministro (e segundo… terceiro… quarto…) forjado no PSD – um partido que esteve sempre ligado à direita e extrema-direita – não podia arranjar melhor entre as suas hostes.
    E tendo por acólitos os “primos” do CDS, a coisa ainda consegue piorar.
    Por isso, as gafes e os erros serão mais que muitos. E os portugueses – mesmo aqueles que odeiam semelhante (des)governo, como eu – pagarão até final desta Legislatura esta situação de incompetência e de agressão.
    Só falta mesmo ordenar a matança dos mais velhos que 65 anos e correr para fora dos Hospitais os doentes internados há mais de 5 horas…

    • E não são de extrema-direita por? E quanto ao PS e CDS a mesma pergunta.

      • Antónimo says:

        O facto de ter tido Luís Amado ou Correia de Campos no Governo não torna o PS um partido de extrema direita, apenas implica que teve um ministro de extrema-direita (o bushista e banqueiro Amado, um, dos homens que pariu o porreiríssimo tratado de Lisboa) e um ministro de direita (Correia de Campos).

      • Então espera lá, se são cúmplices e se mandaram vir o FMI e andam milhares de portugueses a morrer por causa das políticas que PS PSD e CDS têm implementado, e têm causado imensos suicídios, não é extrema-direita, é o quê? Espectáculo?

  2. Caetano says:

    O link não conduz a lado nenhum.

  3. miguel serras pereira says:

    o link não funciona…

  4. ding dong says:

    infelizmente o link ja nao funcemina….

  5. TRibeiro says:

    longe de mim estar a tentar defender este executivo, mas a verdade é que, principalmente pelo estado de fúria em que já me encontrava, fui ler o post mencionado e não encontrei o que é dado a entender… o que Poiares Maduro faz é mencionar a criação de um governo técnico de iniciativa presencial como uma das várias alternativas para a realidade pós-chumbo e chega a frisar que não seria um governo “necessariamente mais favorável”…
    cito:
    “um governo técnico de iniciativa presidencial com credibilidade quer interna quer externa. Penso que a renegociação internacional feita por um tal governo não será necessariamente mais favorável mas teria a vantagem de confrontar o país com as escolhas difíceis que terá de fazer (pelo menos até a UE mudar a sua abordagem geral da crise o que não é muito provável antes de Setembro na melhor das hipóteses).”

    Dito isto, discordo totalmente da ideologia de base deste senhor e preferia que o governo tivesse optado pela demissão!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s