A Câmara dos horrores

Os negócios controlam hoje totalmente a vida política. A promiscuidade entre agentes políticos e grupos económicos é obscena. O tráfico de influências generalizou-se e o símbolo maior desta degenerescência é mesmo o Parlamento.

São várias dezenas os deputados que acumulam a sua função parlamentar com a de administrador, director, consultor ou até advogado nas empresas privadas que desenvolvem grandes negócios com o Estado.

Deputados como Miguel Frasquilho representam o sector financeiro, em particular do grupo Espírito Santo. Pedro Pinto personifica os interesses da EDP, José Manuel Canavarro os do Montepio Geral, Couto dos Santos está com o “lobby” das empresas de construção, Matos Correia representa na Assembleia o escritório de advogados de Rui Pena e respectivos interesses na área da Defesa.

Os exemplos sucedem-se. O sonho de um Parlamento eleito pelo povo e para o povo esfumou-se. A câmara dos deputados devia chamar-se Câmara dos Horrores.

Por Paulo Morais, na Rádio Renascença

Advertisements

About zenuno

http://despauterio.net
This entry was posted in 5dias. Bookmark the permalink.

8 Responses to A Câmara dos horrores

  1. Bento says:

    Mas qual é a novidade?
    Sao as chamadas classes sociais. Faltam é mais representantes dos trabalhadores
    A democracia burguesa é mesmo isso.

  2. Bolota says:

    Raquel,

    É o maior e mais desavergonhado assalto aos pobres que alguma ves se viu
    na nossa historia recente.
    Quando oiço ou vejo estes tarmbolhos que não passam de isso mesmo, só me apetecia te-los á mão. A minha esperança é que venhamos a te-los brevemente.

    Escritório de Rangel ganha ajustes directos de 500 mil da Câmara do Porto
    http://www.ionline.pt/portugal/porto-adjudica-450-mil-euros-escritorio-paulo-rangel-0

    • fernando saramago almeida says:

      Como é possível este povo deixar estes bandalhos de lesa patria continuarem a ir ao pote como se não houvesse amanhã. Meus amigos, na defesa deste país e deste povo martir, estou disposto a dar o meu proprio sangue.

  3. Don Luka says:

    O tráfico de influências generalizou-se …

    LOOOL…
    O tráfico de influências é a mais velha actividade do mundo. Dizer que o tráfico de influências se generalizou, é como dizer que os ovos se generalizaram no reino das aves.

    A indignação é um direito, mas só por si não chega. Pode deixar-nos cegos, reféns de todos os nossos preconceitos. São precisos novos caminhos para mudar este estado de podridão. Para começo, há que pegar em todas as ideias revolucionárias do sec XX e incinerá-las. Elas são todo um manual de má avaliação da condição humana. Mais vale ler a Bíblia.

    • De says:

      Não sei porquê ( ou talvez saiba) mas essas ideias peregrinas de pegar fogo a, fazem-me lembrar autos de fé.Da inquisição ou de nazis.
      Algo que como tal cheira muito mal.A extrema-direita e coisas afins.
      E como tal devem ser tratadas

    • José Alvarado says:

      Isso mesmo!
      Queimar na praça publica todos os manuais de ideias revolucionárias e passar a ser obrigatória a leitura da “Riqueza das Nações” e da bíblia?

      Já muitos tentaram isso e foram eles próprios que acabaram incinerados nas fogueiras que atearam.

  4. Victor Nogueira says:

    Seria pedagógico clarificar de que grupos parlamentares estes e outros deputados fazem parte, parece-me

    • J Alvarado says:

      Não só pedagógico, como uma ação de coerência informar as áreas politicas destes deputados.
      Assim fica a dúvida se se está a tentar denunciar quem comete este tipo de atropelos ou medir todos os deputados por a mesma bitola.

      Por o que está escrito fica a impressão que o objetivo é generalizar.
      Deputados, Parlamento, Câmara de Horrores. Não haverá exceções?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s