Do medo que todos os rios confluam a 2 de Março

Esta notícia, e o respectivo registo audio, são lapidares da forma como a comunicação social tem vindo a evitar referências à manifestação de 2 de Março. Arménio Carlos, na sua intervenção de ontem, apelou a que nenhum trabalhador ficasse em casa no dia 2 de Março – não tenho memória de algum secretário geral da CGTP ter apelado de uma forma tão clara à participação de todos os trabalhadores numa manifestação em que aquela central sindical e/ou sindicatos filiados não fizessem parte da sua organização.
Estou certo que, nas próximas duas semanas, repetirá este apelo. Veremos se se conseguirá vencer o muro de silenciamento.

Advertisements

About zenuno

http://despauterio.net
This entry was posted in 5dias. Bookmark the permalink.

5 Responses to Do medo que todos os rios confluam a 2 de Março

  1. artur almeida says:

    É verdade. Ouvi na TV. Fiquei Banzado porquanto, na maioria dos casos, pessoas liugadas ao QST, não fizeram apelos à participação na Manifestação de 16 de Fevereiro

  2. PB says:

    A melhor resposta que poderemos dar é encher as ruas com milhares de pessoas no dia 2 de Março, estou certo que isso acontecerá. Lá estarei, como tenho estado em todas as outras manifestações da CGTP e nas restantes, convocadas pelos movimentos sociais.
    Quanto à comunicação social, RTP e afins, é certo que fazem o papel do grande capital. São um mecanismo perverso de propaganda às opções ideológicas neoliberais. Quando há uma grande manifestação, dão a notícia da manif. mas a seguir mostram os responsáveis pela situação económica e social em entrevistas, opiniões, etc, até à exaustão. A Comunicação Social mostra a indignação popular de forma breve e ligeira e os (Ir)responsáveis políticos de forma bastante mais favorável, sempre.
    A melhor resposta que também poderemos dar é simplesmente ignorar esses órgãos, ditos de referência. As pessoas esclarecidas sabem bem quem são e há cada vez mais a fazer o mesmo. Desliguem a televisão, Não comprem o jornal!

  3. Pingback: O 2 de Março e a CGTP – Aventar

  4. Amigos, deixar de ver os media não é boa ideia. É sempre importante sabermos o que pensa o inimigo! Quanto ao camarada Arménio e o seu apoio à manif do dia 2, a coisa dá que pensar. Se há coisa que caracteriza a ortodoxia do comité central é precisamente a manutenção dos mesmos esquemas de pensamento e actuação, sejam quais forem as circunstâncias. Estamos portanto perante uma reviravolta histórica como já foi salientado. Portanto, as razões só podem ser muito fortes. Provavelmente, os burocratas perceberam (finalmente????) que, estando a perder bastante terreno como é patente, teriam de apanhar o comboio da luta popular para não ficarem a falar sózinhos e a ver a malta passar à sua frente. É esta a explicação que eu encontro. Se alguém souber de outras, pois que partilhe conosco.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s